Receba as notícias do montesclaros.com pelo WhatsApp
montesclaros.com - Ano 23 - sábado, 4 de fevereiro de 2023

Jornais de BH entram nos 2 últimos casos de violência grave em M. Claros. Um com morte. O outro, contra moça de 20 anos, baleada

Sexta 13/01/23 - 8h32

Jornal O Tempo, de BH:

Homem invade casa com carro, atira em ex-namorada e pula do alto da residência

Não foi a primeira vez que o homem agrediu a ex em Montes Claros, no Norte de Minas
Isabela Abalen

Uma jovem, de 20 anos, foi surpreendida pelo ódio do ex-namorado na noite dessa quarta-feira (11). O homem, de 31 anos, invadiu a casa da vítima com o carro, quebrando o portão de entrada da residência na Região de Santo Inácio, em Montes Claros, Norte de Minas. Ao entrar, procurou pela ex, a agrediu e atirou em seu pescoço, finalizando o crime com um salto do alto da casa, de uma altura de cerca de cinco metros, para fugir.

De acordo com a Polícia Militar, quando o homem entrou com o carro na casa da ex-namorada, teve o primeiro contato com o pai da vítima. Os dois discutiram, mas o pai não conseguiu impedir o homem de subir à procura da ex.

Os militares identificaram que não é a primeira vez que o suspeito tem entrada na polícia por agressão à mesma mulher. Antes, outras ocorrências de violência doméstica já haviam sido registradas e a região da casa da vítima estava na rota de alerta da equipe. Mesmo assim, o homem conseguiu agir antes da chegada da polícia.

A jovem foi atingida no pescoço e levada pela família para o Hospital Santa Casa. Já o agressor foi encontrado no chão, após a queda, e levado escoltado para o hospital. Com o fim do atendimento das feridas, ele será preso.


***

Jornal Estado de Minas, de BH:


Suspeito mata homem a facadas e alega que foi estuprado na infância

Autor confesso do homicídio disse que foi estuprado pela vítima quando tinha 10 anos. Desde então, ele dizia que ia se vingar
Matheus Brum

Um homem, de 38 anos, foi morto a facadas no bairro Morrinhos, em Montes Claros, no início da madrugada desta quarta-feira (11/01). Quando os policiais militares chegaram ao local, a vítima já estava sem vida. Em conversa com testemunhas, eles informaram o paradeiro do suspeito de ter cometido o crime.

Ao chegar na casa do homem, de 34 anos, os PMs foram recebidos pelo irmão. Em conversa com os policiais, ele contou que o suspeito chegou a dizer que "tinha acertado as contas" com a vítima.


Os policiais entraram no quarto do suspeito, que não ofereceu resistência e confessou o crime.

O homem relatou que quando tinha 10 anos, a vítima o estuprou. Ele não chegou a dar mais detalhes aos policiais. Mas disse que, por causa disso, há muito tempo queria "acertar conta" com a vítima.

O homem também indicou aos policiais o local onde jogou a faca do crime. O objeto foi encontrado pelos PMs.

O caso será investigado pela Delegacia.


Compartilhe
Siga-nos nas redes sociais