Receba as notícias do montesclaros.com pelo WhatsApp
montesclaros.com - Ano 25 - domingo, 16 de junho de 2024

Ir para data:


Efemérides - Nelson Vianna   
67970
Por Efemérides - Nelson Vianna - 16/6/2011 08:19:32
(Durante anos, o escritor e agrimensor Nelson Vianna, nascido em Curvelo e apaixonado por M. Claros, desde que aqui chegou, pesquisou a história da cidade. Foi a arquivos, jornais, revistas e livros, entrevistou pessoas, vasculhou correspondências – enfim, buscou em toda parte fontes que permitissem levantar a história do município de M. Claros. Conseguiu. Processou sua longa procura e publicou "Efemérides Montesclarenses", que cobrem o período de 1707 a 1962, revelando o que - neste período - aconteceu de mais importantes no cotidiano de nossas vidas. Nelson Vianna, apaixonado por M. Claros, reconhecido ao historiador Hermes de Paula, mais novo do que ele, mas seu auxiliar no trabalho, prestou - prestaram os dois, é preciso gritar isto - uma das mais notáveis contribuições à civilização dita montesclarina. Morreu sem ostentar riqueza material, mas o seu legado espiritual cresce a cada dia, embora ainda não seja suficientemente reverenciado. O tempo, sempre ele, também fará esta reparação. Republicar a resenha histórica pacientemente ajuntada pode ser um começo. Pelo calendário do dia, sairá publicado aqui, desde este 12 de janeiro de 2011, o que ele conseguiu desvendar no vasto tempo de 255 anos - entre 1707 e 1962, de uma Montes Claros nascente, criança e juvenil. Ajudará a cidade a se localizar. Talvez, a se achar. E haverá sempre um preito de gratidão a estes dois - Nelson Vianna e Hermes de Paula, e a muitos outros que, no silêncio, onde Deus fala aos Homens, recolhem o aplauso geral):

16 de junho

1835 - O cel. José Pinheiro Neves toma posse do cargo de Delegado de Instrução Primária do 7.° Círculo Literário.
- A 28 de março de 1835, saía a lei mineira n.° 13, completada pelo regulamento n.° 3, referente à instrução pública primária na Província. O art. 29 da referida lei dava ao Govêrno a faculdade de nomear, em cada Comarca, pelo menos um seu Delegado e um Suplente. “A Província foi dividida em 15 Círculos Literários, cada um chefiado por um Delegado do Govêrno. A sede dêsses Círculos ficava nas cidades ou vilas importantes e cada Círculo abrangia uma extensão mais ou menos ampla, de acôrdo com a densidade da populacão.” “Ensino em Minas Gerais, no Tempo do Império”, de Paulo Krüger Corrêa Mourão. Formiga pertencia ao 7.° Círculo, sendo ela a sua sede. Localidades pertencentes ao 7.° Círculo: Formiga, Vila Risonha, Contendas, Januária, São José do Gorutuba, Barra do Rio das Velhas, Coração de Jesus, Olhos d’Agua e Tremedal.
As atribuições dos Delegados dos Círculos Literátos eram muito amplas, sendo de sua alçada a nomeação de substitutos, a suspensão de professôres, em certos casos, a nomeação de Visitadores.
O cel. José Pinheiro Neves foi o primeiro Delegado o 7.° Círculo Literário.
1920 — Nasce em Bocaiúva, Minas, o cônego Hermano José de Morais Ferreira, filho de Antônio Augusto Ferreira e dona Joana de Morais Ferreira. Fêz o curso primário em Montes Claros, o secundário, em Jaú, Estado de São Paulo, onde foi ordenado a 25 de dezembro de 1945.
Foi professor em Jaú, Vigário Cooperador em Montes Claros, nomeado a 1º de julho de 1947. E’ Pároco desde 12 de novembro de 1950.
1923 — O bacharel Olavo de Simas Enéas, nomeado cargo de Promotor de Justiça da Comarca de Montes Claros, a 27 de abril de 1923, toma posse e entra em exercício das referidas funções.
1926 — Completamente reformado, reabre-se o Cine-Teatro Montes Claros, pertencente à firma Dias, Figueiredo & Cia., que o adquiriu de Luiz Guedes & Cia.
1932 — Pelo chefe da política municipal de Montes Claros,cel. Filomeno Ribeiro dos Santos, é recebido um telegrama do Presidente Olegário Maciel, informando-o de que, conforme comunicação feita pelo Ministro da Viação, o Presidente da República autorizou a cessão, à Prefeitura local, de todo o material de adução da água potável de Montes Claros.
1935 — Na sede da União Sindicalista de Montes Claros, é fundado o Sindicato dos Trabalhadores em Construção Civil de Montes Claros, sendo organizada a sua primeira Diretoria, que teve José Christiano de Almeida como Presidente.
1938 — No interior do Hotel Rio de Janeiro, situado à rua Bocaiúva (hoje Dr. Santos), esquina da rua Dom João Pimenta, desenrola-se verdadeira tragédia, constando de tiroteio travado entre o Prefeito Municipal de Grão Mogol, Antônio Teixeira, e os irmãos Gerson e Heron Coelho. Este teve morte imediata, ao que o Prefeito de Grão Mogol veio a falecer no Sanatório Santa Teresinha, do dia 23 de junho de 1938. O choque teve corno origem divergências na municipal de Grão Mogol.
1961 — Pela portaria n.° 255, o Secretário de Segurarança Pública do Estado de Minas classifica David Esteves da Silva como Escrivão de Polícia de 3• classe, 1otando-o no cartório da Delegacia de Polícia de Montes Claros, em substituição ao antigo Escrivão, já transferido, Henrique Magalhães.
1962 – O “Estado de Minas” desta data noticia o falecimento, no Rio de Janeiro, do dr. Pedro Gonçalves Chaves. Nasceu em Montes Claros em 1877, filho do dr. Antônio Gonçalves Chaves e dona Francelina Pereira Chaves e dona Francelina Pereira Chaves. Transferindo-se com sua família, em 1883, para Ouro Prêto, em virtude da nomeação de seu pai para Presidente da Província de Minas, ali fez os seus estudos preparatórios, tendo-se formado pela Faculdade Livre de Direito de Belo Horizonte, de que foi Secretário, em 1906.
Nomeado Juiz Municipal da Capital mineira, afastou-se do cargo, alguns anos depois, a fim de abrir banca de advogado em Belo Horizonte. No Govêrno Olegário Maciel, reingressou na magistratura, tendo
sido Juiz de Direito em Abaeté, Curvelo e outras Comarcas mineiras, aposentando-se nestas funções e fixando residência no Rio de Janeiro. Era viúvo de dona Rita de Cássia de Lima Chaves.




Selecione o Cronista abaixo:
Avay Miranda
Iara Tribuzi
Iara Tribuzzi
Ivana Ferrante Rebello
Manoel Hygino
Afonso Cláudio
Alberto Sena
Augusto Vieira
Avay Miranda
Carmen Netto
Dário Cotrim
Dário Teixeira Cotrim
Davidson Caldeira
Edes Barbosa
Efemérides - Nelson Vianna
Enoque Alves
Flavio Pinto
Genival Tourinho
Gustavo Mameluque
Haroldo Lívio
Haroldo Santos
Haroldo Tourinho Filho
Hoje em Dia
Iara Tribuzzi
Isaías
Isaias Caldeira
Isaías Caldeira Brant
Isaías Caldeira Veloso
Ivana Rebello
João Carlos Sobreira
Jorge Silveira
José Ponciano Neto
José Prates
Luiz Cunha Ortiga
Luiz de Paula
Manoel Hygino
Marcelo Eduardo Freitas
Marden Carvalho
Maria Luiza Silveira Teles
Maria Ribeiro Pires
Mário Genival Tourinho
montesclaros.com
Oswaldo Antunes
Paulo Braga
Paulo Narciso
Petronio Braz
Raphael Reys
Raquel Chaves
Roberto Elísio
Ruth Tupinambá
Saulo
Ucho Ribeiro
Virginia de Paula
Waldyr Senna
Walter Abreu
Wanderlino Arruda
Web - Chorografia
Web Outros
Yvonne Silveira