Receba as notícias do montesclaros.com pelo WhatsApp
montesclaros.com - Ano 22 - sexta-feira, 16 de abril de 2021

Minas recebeu, ontem, de caminhão, o maior volume de doses, até aqui. Para vacinar os de 65 a 69 anos, e parte das forças de segurança - veja quais. Associação do sexo pede prioridade. S. Paulo e BH vacinam, hoje, os de 68 anos, e, o Rio, os de 67. M. Claros interrompe

Sexta 02/04/21 - 6h45

Na noite de ontem, de caminhão, chegou a Minas o maior volume de vacinas, até aqui: 1.016.650 doses
TOTAL
São 943.400 doses de Coronavac, do Instituto Butantan, e 73.250 doses da AstraZeneca, da Fiocruz.
65/69
"A remessa será para a 2ª dose dos trabalhadores da saúde, idosos de 75 a 79 e 70 a 74 anos. Vamos iniciar a imunização das Forças de Segurança e continuar vacinando os idosos de 65 a 69 com a 1º dose", afirmou o governador Zema.
SEXO
Profissionais do sexo em Minas decidiram suspender o atendimento por tempo indeterminado. Pedem para ser incluídas nos grupos prioritários.
SUSTENTO
A presidente da Associação das Prostitutas de Minas Gerais (Aprosmig), com 3.500 afiliadas, declarou:
- É uma questão de proteção mesmo, até que sejamos incluídas como grupo prioritário nos planos de vacinação a nível municipal, estadual e federal.
- Não estarmos nessa listagem é uma violência, já que trabalhamos com contato e levamos o sustento de muitas famílias.
SAO PAULO
S. Paulo e BH vacinam nesta Sexta-feira da Paixão as pessoas acima de 68 anos.
M. CLAROS
M. Claros anunciou que vai interromper a vacina, nesta Sexta-feira da Paixão, voltando amanhã.
RIO
o Rio vacina osde 67 anos contra covid nesta Sexta-feira da Paixão.
QUEM
Segundo o governo de Minas, o grupo prioritário entre as forças de segurança para a vacina é:
TRANSPORTE
- Pessoas envolvidas no atendimento e transporte de pacientes, resgates e atendimento pré-hospitalar, em ações de vacinação, em ações de vigilância das medidas de distanciamento social, com contato direto e constante com o público independentemente da categoria.
CONFORME
- Os demais profissionais que não se enquadram nas atividades de linha de frente deverão ser vacinados conforme andamento da campanha nacional de vacinação contra a Covid-19
INICIAR
- As doses da CoronaVac devem ser utilizadas para iniciar a imunização de 6% dos profissionais das Forças de Segurança.
PRIMEIRA
- Serão utilizadas para aplicar a primeira dose em 1,26% da população entre 65 e 69 anos.
SAÚDE
- Segunda dose de 7% dos trabalhadores da Saúde, 87% da população entre 75 e 79 anos, e 80,4% da população entre 70 e 74 anos.
SEGUNDA
- As doses da vacina AstraZeneca serão aplicadas como segunda dose para 10,2% aos trabalhadores da Saúd

Compartilhe
Siga-nos nas redes sociais